Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Entre na Zona e Baixe os níveis de poluentes no corpo

Segunda-feira, 30.03.15

poluentes.jpg

Uma equipa de investigadores Espanhóis confirmou que há uma relação entre os níveis de determinados poluentes ambientais acumulados no corpo e o nível de obesidade. E ainda, que níveis mais elevados de poluentes associam-se a níveis mais altos de colesterol e de triglicéridos - factores de risco de doença cardiovascular.Independentemente do género, da idade, do lugar de residência ou dos hábitos tabágicos dos participantes em avaliação.
Este estudo analisou os níveis de poluentes acumulados no tecido adiposo numa amostra de 300 indivíduos (homens e mulheres). O pensamento comum resume a obesidade a uma ingestão calórica elevada em comparação com o gasto de energia. No entanto, os investigadores acreditam que os resultados não são apenas a consequência de uma ingestão calórica elevada. Está provado que a exposição humana a determinadas substâncias químicas chamadas “obesogenic” pode favorecer o crescimento e a proliferação dos adipócitos (células de gordura), e provoca conseqüentemente um aumento de gordura corporal. Para além disso, o estudo sugere que determinados poluentes ambientais podem igualmente provocar alterações no colesterol e nos níveis dos triglicéridos.

Utilze a Zonediet e livre-se destes poluentes reduzindo o seu peso!

 

Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

Quer ser mamã e livrar-se da Diabetes? Entre já na Zonediet!

Sexta-feira, 27.03.15

diabetes(VC).doc.rtf

Um estudo publicado na revista científica Diabetologia assinala que as mulheres obesas que desenvolvem diabetes gestacional e que ganham mais de cinco quilos depois do parto têm um risco 43 vezes maior de desenvolver diabetes tipo 2.  Embora a associação entre a diabetes gestacional e a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2 depois da gravidez já seja conhecida, o novo estudo vem reforçar esta relação, provando que um terço das mulheres com diabetes tipo 2 tem um historial de diabetes na gravidez. Foi possível ainda apurar que o risco de diabetes tipo 2 aumenta com o ganho de peso no pós-parto, independentemente do peso da mulher antes de engravidar. Para as mulheres que já eram obesas antes da gravidez, este risco aumenta 43 vezes.  OS especialistas realçam importância do controlo do peso no pós-parto. De acordo com o investigador responsável pelo estudo, as mulheres devem esforçar-se por manter um peso saudável ao longo de toda a sua vida, de forma a baixar o risco de diabetes. E este controlo é particularmente importante no contexto de uma gravidez.Os resultados mostram a importância de manter um peso saudável tanto antes como depois da gravidez. A diabetes tipo 2 não surge subitamente, mas vai-se desenvolvendo com o tempo, muito influenciada pelo estilo de vida, e por fatores hereditários.
Quando uma mulher desenvolve diabetes gestacional, está já a ser "avisada" pelo próprio organismo de que está a caminho da diabetes tipo 2 e de que, mesmo um aumento reduzido de peso, pode conduzir à doença. Por isso, nestas circunstâncias, a mulher deve ter o cuidado de tentar prevenir ou retardar o mais possível o desenvolvimento da doença, através da perda do peso em excesso e da prática de exercício físico.


Neste sentido a Zonediet surge como uma ferramenta preciosa quer na prevenção quer no tratamento desta patologia.


Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

Salada de brócolos e frango

Quarta-feira, 25.03.15

 

4 Blocos
Excelente opção para almoço ou jantar – servido quente ou frio

 

Ingredientes:

broccoli-salad-and-chicken1.jpg

 

1,5 colher de sopa de Maionese light (18g)
1 colher de sopa de iogurte magro
sumo de limão espremido fresco q.b.
1/4 colher de chá de  Sementes de aipo
Pimenta - a gosto
1 chávena de brócolos
1/2 chávena de cebola picada
1 chávena de uvas vermelhas sem semente
 6 Amêndoas moídas
90g de peito de frango sem pele desfiado

 

Preparação:
- Misture a maionese light, sumo de limão, sementes de aipo e pimenta numa tigela pequena.
- Pique os brócolos em pedaços médios. Coza-os a vapor ou numa pequena quantidade de água até ficarem macios mas estaladiços. Deixe arrefecer.
- Adicione a cebola, as uvas e as amêndoas. Misture bem. Sirva com peito de frango assado ou grelhado e regue com a mistura da maionese.


Pode ser servido quente ou frio.
 
Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

Controle a sua glicemia com a zonediet

Segunda-feira, 23.03.15

proteina.jpeg

A evidência científica actual mostra que aumentos marcados nos níveis de glicose pós-prandial é um forte contribuinte para o mau controlo da glicemia e está associada a um risco aumentado para o desenvolvimento de diabetes tipo 2 e complicações cardiovasculares.
Um recente estudo comparou as mulheres jovens que habitualmente saltam o pequeno-almoço com aquelas que rotineiramente tomam o pequeno-almoço e constatou que as suas respostas metabólicas ao comer um pequeno-almoço rico em proteínas eram diferentes. Quem habitualmente salta o pequeno-almoço apresenta um pior controlo da glicemia ao longo do dia comparativamente a quem consumia um pequeno-almoço rico em proteínas. Enquanto que aqueles que normalmente tomam um pequeno-almoço rico em hidratos de carbono melhoram o controlo da glicemia depois que comeram um pequeno-almoço rico em proteína.
Para quem saltava habitualmente o pequeno-almoço comer um pequeno-almoço rico em proteína levou a níveis de glicose elevados ao longo do dia, enquanto que o PA rico em hidratos de carbono não influenciou essas respostas. No entanto, entre aqueles que, rotineiramente, tomavam o pequeno-almoço, os pequenos-almoços ricos em proteína conduziram à redução dos níveis de glicose ao longo do dia. Estes resultados podem indicar um aumento da incapacidade entre os que saltam o pequeno-almoço para metabolizar uma grande quantidade de proteína. No entanto, os dados sugerem que uma vez que alguém começa a tomar o pequeno-almoço, deve faze uma transição gradual para um pequeno-almoço com mais proteínas - para provocar melhorias no controlo glicémico.

Com a zondiet opte por alimentos alimentos favoráveis como ovos mexidos, carnes magras, iogurte magro ou pode ainda recorrer às proteínas em pó da Enerzona para enriquecer os seus batidos.

 

Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

Como a zonediet pode intervir na esclerose múltipla?!

Sexta-feira, 20.03.15

esclerose.jpg

De acordo com um estudo que irá ser apresentado no American Academy of Neurology’s 67th Annual Meeting in Washington, DC, mulheres com esclerose múltipla (EM)apresentam níveis mais baixos de nutrientes anti-inflamatórios e antioxidantes.
A EM é uma doença do sistema nervoso central que ocorre quando o sistema imunitário desencadeia a inflamação. Isto resulta em danos ou destruição da mielina, uma substância que protege as fibras nervosas, permitindo que os impulsos elétricos sejam enviados entre o cérebro e outras partes do corpo. De acordo com os investigadores da Universidade de John Hopkins, nos EUA, o aumento da prevalência da EM nos últimos anos tem levantado a hipótese de que as alterações nutricionais associadas à inflamação podem desempenhar um papel importante no desenvolvimento desta patologia.
O estudo apurou que as mulheres com EM  apresentavam, em média, níveis mais baixos de 5 nutrientes anti-inflamatórios e antioxidantes, nomeadamente: o folato, vitamina E, magnésio, luteína-zeaxantina e quercetina.
Uma vez que a EM é uma doença inflamatória crónica, ter níveis suficientes de nutrientes com propriedades anti-inflamatórias pode ajudar a prevenir a doença ou reduzir o risco de ataques para aqueles que já a têm. Os antioxidantes também são importantes ajudando a reduzir os efeitos de outros danos que podem ocorrer ao nível celular e contribuir para doenças neurológicas.

Neste contexto a dieta da zona constitui um forte aliado na terapêutica e prevenção da doença dado o seu elevado poder anti-inflamatório e antioxidante. Suplementos como o ómega 3 RX e o maqui podem ser ferramentas importantes no dia-a-dia destes doentes.

 

Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

CREPE DE MAÇA E CANELA

Quarta-feira, 18.03.15

4 Blocos (cada crepe =1 bloco)

apple-cinnamon-crepe.jpg

 

Ingredientes:

2 Claras de ovo batidas
1/3 Chávena de farinha de soja
1 Colher de sopa de azeite - Dividido
1 Chávena de leite magro
1 Maçã pequena descascada e picada
1/3 Chávena de compota de maçã sem açúcar – 100%fruta (80g)
2/3 Chávena de aveia cozida
1/4 Colher de chá de canela
2 Fatias de fiambre de peru (35g)

 

Preparação:
- Numa tigela misture as claras de ovo, a farinha, o azeite e o leite para formar uma massa. (Esta quantidade de massa vai fazer quatro crepes).
- Coloque um fio de azeite na frigideira para fazer os crepes. Transfira o crepe para prato de servir e repita processo para fazer mais três crepes. (Se precisar de mais azeite utilize mais um pouco)
- Para o recheio de crepe: numa panela coloque a maça, a compota de maçã, a aveia, o fiambre e a canela e mexa em lume brando até que as maçãs estejam macias.
- Quando estiver pronto, divida o recheio entre os quatro crepes, colocando-o no centro de cada crepe. Dobre os lados e sirva imediatamente.

 

Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

1º WORKSHOP ZONE DIET

Segunda-feira, 16.03.15

 

foto zone2.jpg

 No passado fim-de-semana (14 de Março de 2015) realizou-se o 1º workshop de Nutrição sobre o conceito ZoneDiet do Dr. Barry Sears que concluiu que a alimentação é um aliado para atingir o seu potencial máximo. Daí nasceu a designação "estar na zona" que corresponde a uma estratégia nutricional e de estilo de vida, concebida com a finalidade de modular a produção de ecosanóides (mediadores inflamatórios). O que comemos influencia hormonas como a insulina e glicagina e isso tem impacto na forma como nos sentimos diariamente e na nossa saúde a longo prazo.

 

Este Workshop foi organizado pela Netnatura proprietária do site www.vivasaudavel.pt e contou com a presença dos oradores Dr. Miguel Cavadas, Dra. Gisela Carrilho e o Sr. Fernando Varela.

 

Os temas abordados foram diversos desde a investigação científica por detrás da ZoneDiet, passando pela explicação do sistema de blocos, a discussão sobre conhecimentos científicos relacionado com a inflamação, doenças crónicas, ómega 3 e polifenóis. E ainda contou com uma pequena apresentação dos produtos Enerzona.

 

Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!

Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

TOP 5 das especiarias – conheça-as e use-as na zonediet

Sexta-feira, 13.03.15

especiarias-antioxidante.jpg

As especiarias são uma fonte riquíssima de polifenóis – potentes antioxidantes que neutralizam os radicais livres no organismo. Ao ingerir alimentos que contêm altos níveis de polifenóis, melhora o sistema imunitário, reduz a inflamação celular, e mantém um equilíbrio ideal  da flora intestinal.

Observação: o índice ORAC é um método de quantificação das capacidades antioxidantes dos alimentos. Quanto maior o ORAC, mais antioxidantes este alimento possui.

Orégãos – 175,295 ORAC/100 gramas
Alecrim – 165,280 ORAC/100 gramas
Tomilho – 157,380 ORAC/100 gramas
Cúrcuma – 127,068 ORAC/100 gramas
Sálvia – 119,929 ORAC/100 gramas


Quando não tem estas especiarias à disposição pode usufruir dos polifenóis de suplementos como o Maqui.


Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

Omeleta de legumes

Quarta-feira, 11.03.15

4 Blocos

omelete.png

 

Ingredientes:

  • 2 ovos
  • 2 claras
  • 175g de abóbora e feijão-verde
  • 40g de cebola
  • 1 colher de sopa de azeite extra-virgem
  • sal q.b.


Preparação:
- Coza o feijão verde e a abóbora
- Coloque num tacho o azeite e a cebola picada
- Adicione o feijão-verde e a abóbora cozidos e cortados em pedaços.
- Bata os ovos e tempere com sal e deixe os legumes arrefecer 
- Coloque a mistura num tabuleiro e leve ao forno, em lume brando, durante cerca de 40 minutos.

 

Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00

Controle o seu peso e o seu colesterol com a Zonediet

Segunda-feira, 09.03.15

Protein-Rich-Diet.jpg

De acordo com um recente estudo a ingestão de proteína acima da RDA ((Recommended Dietary Allowances=0,8g/kg de peso corporal/dia) atenua o risco cardiovascular em adultos com excesso de peso. Este estudo analisou a ingestão de proteína habitual [g / kg de peso corporal] estratificado por status de peso e avaliou as suas associações com o risco cardiovascular, usando dados do NHANES, 2001-2010 (n = 23.876 adultos ≥19 anos de idade). A Ingestão habitual de proteína variou entre os 0,69 ± 0,004 a 1,51 ± 0,009 g / kg de peso corporal. Verificando-se uma relação inversa entre a Ingestão de proteína  com o IMC (-0,47 kg / m2  a -4,54 kg / m 2 por g / kg de peso corporal e com o perímetro da cintura (-0,53 cm  a -2,45 cm por g / kg de peso corporal. Por oposição à associação positiva entre a ingestão de proteínas e os níveis de colesterol HDL (0,01 mmol / L a 0,14 mmol / L por g / kg de peso corporal, P <0,00125).Os investigadores concluíram assim que dietas ricas em proteínas (acima da RDA) estão associadas a um menor IMC e perímetro  da cintura bem como  níveis mais elevados de  bom colesterol (colesterol HDL). Assim, mais uma vez se verifica a eficácia da dieta zona no processo de emagrecimento e ainda melhorias significativas no perfil lipídico contribuindo para a redução do risco cardiovascular


Mantenha-se na zona, a sua saúde agradece!
Conheça os nossos produtos e as nossas consultas online

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ZoneDiet às 09:00


Pág. 1/2





mais sobre nós

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031